quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

DEIXAR FLUIR

     
        Programei uma "aposentadoria" como Terapeuta para este final de ano - afinal um Ano 9 pela Numerologia Pitagórica é ideal pra fechar ciclos, concluir projetos e preparar para a nova energia de um ano UM, neste caso, 2017.  Eu já havia tentado outras vezes, três na verdade. Na última tentativa doei 90% do meu material e fiquei, pelo menos dois meses, certa de que não retornaria.  Desta vez, minha aposentadoria durou apenas três horas...
       Quando você acredita naquilo que faz, ama seu trabalho e pratica aquilo que ensina, dificilmente consegue ficar distante e eu tive a dádiva, a bênção de encontrar pessoas que, realmente queriam aprender, desejavam mudar e me tornaram cada vez mais humana, mais consciente das necessidades dos outros, recebendo sempre tudo aquilo que estavam dispostas a buscar.  Acredito que me tornei terapeuta quando percebi que precisava encontrar um caminho que me permitisse expressar esse sentimento de urgência diante da vida, algo que me explicasse a razão da existência e o propósito de estarmos num determinado lugar, em companhia de determinadas pessoas.
       No princípio, imaginava-me vendo tudo através de uma "bola de cristal"; impondo as mãos e curando; preparando poções mágicas que tornassem as pessoas felizes...   Demorei a entender que as pessoas só mudam suas concepções quando, efetivamente, se convencem de que é necessário mudar; que todos estão certos dentro daquilo que acreditam;  que a cura impõe uma mudança (é como uma porta que só abre pelo lado de dentro); que o karma é uma oportunidade para percebermos o que estamos fazendo errado e corrigir;  que as pessoas amam do seu jeito ou da forma como foram amadas; que, muitas vezes, alguém me tornaria seu ídolo e não me permitiria (como ser humano) falhar; que seria a "bengala" de alguém que se recusava a mudar...   enfim, aprendi a amar as pessoas do jeito que são e, com isso, passei a sofrer menos;  a não criar expectativas e, com isso, evitar frustrações;  a evitar o julgamento e a crítica que são as piores formas de sentimento;  a ter humildade para respeitar o livre-arbítrio dos outros, entendendo que sou eterna aprendiz e com isso evitar o verme da vaidade espiritual; a assumir a responsabilidade  por tudo aquilo que posso despertar no coração do outro e, finalmente, a perseverar no caminho da Luz.
         Acredito na Essência Divina que nos torna capazes de mudar o próprio destino e meu propósito sempre foi despertar essa Luz Interior (em mim e nos outros).  Procurei desenvolver o meu trabalho dentro dos princípios da Grande Fraternidade Branca Universal, inspirada nos ensinamentos do Avatar da Era de Aquário - o Bem-Amado Mestre Saint Germain. Respeitando a Lei do Retorno: "Tudo o que você semear, pelo pensamento, sentimento, palavra e atitude, algum dia, em algum lugar, você terá de colher."  
        Minha gratidão é infinita por todos quantos dividiram uma parte do caminho comigo, aprendendo e ensinando.  Meu carinho e respeito a cada Instrutor e a cada cliente, lembrando aos meus queridos colegas Terapeutas que os meus cursos são válidos por somente uma encarnação - a atual.
        Se um dia, realmente, estarei aposentada?  Não sei... vou deixar fluir...    
Desejo que o nascimento do Cristo aconteça no coração de cada ser humano, para que possamos experimentar a Paz que Ele representa.  E que, no Novo Ano, o Amor floresça e permaneça!  Deus nos abençoe!!!
       
       

terça-feira, 22 de março de 2016




      A DIVINA PRESENÇA "EU SOU"

                     O Bem-Amado Mestre Saint Germain em seu Livro de Ouro (Ed.Ponte para a Liberdade) ensina que "a Vida, manifestada em todas as suas atividades, é Deus em ação e é unicamente pela falta de conhecimento na forma de ajustar o pensamento e o sentimento que a humanidade está constantemente interrompendo a pura fluência dessa Perfeita Essência de Vida que, não fosse isso, expressaria naturalmente Sua Perfeição em toda parte."
                                Desde o nosso nascimento (e até durante a gestação) fomos instruídos a acreditar que dependíamos de um poder exterior e que algo ou alguém teria de nos guiar para que nos tornássemos pessoas de bem e com grandes probabilidades de alcançar o sucesso.   Não lembro de ter ouvido falar que o pensamento e o sentimento são poderes criadores de realidade, que o livre-arbítrio nos permite escolher o caminho que queremos seguir e que somos uma Luz dentro da Luz Maior.     É bem provável que a minha geração (saldo algumas excessões) só "despertou" para a própria Luz próxima à maturidade e, ao perceber que poderia ter sido diferente, sente uma infinita alegria pela oportunidade de olhar para dentro de si e perceber todo o potencial que carrega - em todas as suas encarnações.
                                 O Mestre ensina que a Vida é Deus em Ação porque essa Infinita Energia está contida em tudo e em todos.  Fomos concebidos com um corpo etérico - a sede de nossas recordações e onde são armazenadas TODAS as nossas experiências;  um corpo mental capaz de criar ou conceber idéias, conceitos e imagens.  Um corpo emocional que sente e anima as imagens criadas, sustentando essa energia pelo tempo que seu criador desejar.  Um corpo físico que deveria expressar a Perfeição, o que de mais belo, puro e perfeito Deus criou.    A Energia Divina flui, de forma ininterrupta, em toda a criação.   É a Vida que permite a existência e a permanência de todos os seres e suas criações.  Esse fluxo de Energia Divina só é interrompido quando nossos pensamentos e sentimentos são "desviados" do Propósito Divino e passam a criar - e alimentar - idéias e sentimentos de desarmonia,  
                                   A pior de todas as formas de usar a Energia Divina é a crítica e o julgamento.  No momento em que emitidos esse tipo de pensamento e sentimento para algum filho de Deus, estamos, ao invés de abençoar e agradecer, enviando o pior sentimento que alguém pode conceber.   A experiência nos mostra que não há necessidade de provar nada a ninguém e muito menos tentar modificar o comportamento dos outros - isso é inútil e perverso.   Todos os seres humanos foram criados para usufruir da Energia Divina e evoluir, num processo constante de aprendizado e crescimento espiritual.   Isso só não se torna realidade, em função da crença que nos foi ensinada, de que deveria haver um poder exterior.  O Poder Divino encontra-se no interior do coração humano, é tão forte, belo e verdadeiro que, uma vez aceito e assumido, nada de humano pode suplantar.    Tudo aquilo que desejamos "possuir" é consequência do uso correto da Energia Divina, sem prejudicar nenhum ser da criação.  
                                     "EU SOU" é a atividade da Vida.  Quando dizemos Eu Sou estamos colocando em movimento toda a Força, Poder e Perfeição que se pode conceber.  "EU SOU a RESSURREIÇÃO e a VIDA" é uma das maiores afirmações que o nosso Mestre Jesus ensinou.  A expressão "EU SOU" significa Deus em ação aqui e agora.
                                       Deus nos abençoe!

sábado, 26 de setembro de 2015

                                        MUDANÇAS


       Algumas pessoas perguntaram a minha opinião a respeito das "previsões" que, neste momento, convergem para um mesmo ponto: grandes mudanças como ponto culminante o dia 28 de setembro.
       Como a maioria das pessoas que estão buscando desenvolver um caminho que as leve até a "Origem", também sinto que estão ocorrendo grandes mudanças - rápidas em relação a outros tempos.  Mas essas mudanças afetam somente aqueles que já conseguem "sentir" em si alguma modificação, fruto de um esforço contínuo e persistente.  Provavelmente as pessoas que ainda estão concentradas no poder material, na personalidade, no poder pessoal, não sentem nenhuma diferença, a não ser a queda vertiginosa de antigos padrões de comportamento ou de algumas crenças ultrapassadas. 
       Nos ensinamentos dos Mestres Ascensionados, aprendi que fomos dotados de grandes poderes, em especial a Presença de Deus  em nossos corações. Esse aprendizado, quando internalizado (entendido com a mente e com o coração) passa a fazer parte de nossa vida, aplicado na rotina diária, corrigindo os proprios erros e passando a usar a Energia Divina de forma a construir algo melhor.   O princípio da mudança ainda consiste em observar as proprias características negativas e passar a agir de forma harmoniosa. 
       Acredito que as dificuldades que encontramos pelo caminho representam o resultado de nossos pensamentos, sentimentos, palavras e atitudes.  Usamos a Energia Divina Pura para criar os nossos pensamentos e, através dos sentimentos, sustentamos essas criações. É preciso assumir a responsabilidade por nossas criações e entender, quando do retorno dessa energia, a necessidade de corrigir e modificar o padrão.   O Bem-Amado Mestre Saint Germain alerta: "Tudo o que você semear - pelo pensamento, sentimento, palavra ou atitude, algum dia, em algum lugar, você terá de colher."        Em função do livre-arbítrio, nós escolhemos o que criar, sustentar ou irradiar.   Mesmo que você não fale de forma negativa mas, se você concorda com alguém que o faz, estará auxiliando a sustentar essa energia - porque as criações humanas (de desarmonia) só se sustentam pela nossa atenção!   Onde estiver a nossa atenção (consciência/poder) aí estaremos. O hábito de enviar Amor e Luz ao invés da crítica e do julgamento, é um exercício maravilhoso!    O melhor remédio que nos dispensaram nesta Era é a Chama Violeta - a Alquimia Divina que transforma sombras em Luz - que representa o Amor Misericórdia, o Amor que transcende toda desarmonia.  
       Se essas "previsões" contribuírem para as mudanças internas nas pessoas, recebam a minha gratidão!   Eu desejo, sinceramente, que as pessoas voltem a atenção para o seu coração, onde se encontra todo o Poder, a Luz, o Amor Divino, Deus...     Sabemos que existem inúmeros grupos que se dedicam, num trabalho ritualístico de Amor e Paz, a absorver, sustentar e irradiar a Energia Divina para que a humanidade retorne à Pureza com que foi criada e o Planeta inteiro respire Paz, Harmonia e Prosperidade.   Isso, no meu entender, representa a segunda vinda do Cristo - agora de dentro para fora - e nós passaremos a ser um Cristo em atividade!
        Deus nos abençoe!    No Amor e na Luz...

segunda-feira, 14 de abril de 2014



               



         SAINT GERMAIN E A ERA DE AQUÁRIO    
            
            
                       “Ele prometeu a liberdade a todo ser vivo...”


       A sincronicidade do universo impressiona e surpreende até as criaturas evoluídas, habituadas a ouvirem os ensinamentos dos Mestres Ascensionados e buscarem, com disciplina e concentração, colocá-los em prática.  Segundo a Grande Fraternidade Branca Universal, o universo é movido e sustentado pelo Amor de Deus que, desde o menor átomo até o maior Sol, expressa a perfeição em todas as suas criações.
       Cada Era de dois mil anos é subordinada a um Mestre, Diretor de um dos Sete Raios Divinos.  Até o ano de 1954 (aproximadamente) estivemos subordinados ao Sexto Raio Divino (Rubi-dourado), dirigido pelo Mestre Jesus e recebemos as virtudes da Compaixão, do Amor-serviço e da Paz (Era de Peixes).  A partir de então, passamos à Era de Aquário, energia do Sétimo Raio Divino (Violeta), dirigida pelo Bem-Amado Mestre Saint Germain, desenvolvendo as virtudes da liberdade, do perdão, da transmutação, do ritmo e do cerimonial.
       Em todas as nossas encarnações viemos para desenvolver as virtudes dos Raios Divinos, até chegarmos à Ascensão (iluminação e purificação dos quatro corpos inferiores – físico, etérico, emocional e mental).   A Terra é um planeta em evolução e permite aos seres que aqui encarnam, aprender a dominar e administrar a matéria; corrigir os erros; transmutar em luz todos os karmas; voltar a irradiar Luz e auxiliar na iluminação do planeta.   Segundo o Mestre, “tudo o que uma criatura semear, pelo pensamento, sentimento, palavra e ação, algum dia, em algum lugar, ela colherá,” deixando claro a nossa responsabilidade para com as nossas criações mentais e o uso da Energia Divina Pura.  Todo o pensamento representa uma criação que passa a existir e atuar sobre o seu criador, sustentada pelo sentimento que acompanha a criação mental.    Quando, pela Lei do Retorno, recebemos essa criação para usufruir ou para corrigir, contamos com a oportunidade (karma) para requalificar a energia e transformá-la novamente em Luz.   Em cada acontecimento (seja bom ou ruim) encontram-se as duas polaridades – a Luz e a sombra – que nos permitem avaliar e transmutar nossas criações limitantes e desarmônicas, assim como usufruir de nossas criações iluminadas e perfeitas.
       É possível perceber, nesta Era, a aceleração dos acontecimentos.  A humanidade evoluiu mais nos últimos cincoenta anos que nos dois mil anos anteriores.  E em todos os sentidos: acentuou-se a Luz e a Sombra;  os extremos tornaram-se cada vez mais visíveis.  A consciência humana vem sendo despertada para o “Caminho do Meio”, o caminho do equilíbrio, da iluminação.  Porque os extremos não representam a perfeição – o melhor caminho é o Caminho do Meio!    O Amor Imenso e Intenso dos Mestres Ascensionados é expresso através das oportunidades que encontram aqueles que buscam a liberdade, o Amor e a Paz.  E esses atributos Divinos são encontrados dentro de cada ser humano, no núcleo do coração físico, onde foi colocada a Chama Trina – o Poder, A Sabedoria e o Amor de Deus.  Quando desenvolvemos as virtudes da Chama Trina, passamos a expressar a Energia Crística (o Cristo em atividade) que representa a segunda vinda de Cristo, nascendo agora no interior de cada criatura e expressando-se para a concretização do Plano Divino da Criação.
       Através da prática do “orai e vigiai”, o ser humano concretiza a reforma interior, mudando seus pensamentos, seus sentimentos, palavras e ações, passando a expressar a perfeição Divina.  Quando corrigimos nossos erros e passamos a controlar a energia para não repetirmos as mesmas falhas, nossos corpos vão se purificando e passamos a irradiar mais Luz.  Através do esforço concentrado, é possível modificar o nosso comportamento e o ambiente à nossa volta.  Segundo os Mestres, quando passamos a cuidar de nós mesmos, buscando a iluminação, contribuímos para a evolução de todos os seres que conosco convivem.  Basta, portanto, que cada um cuide de si mesmo, corrigindo os próprios erros e procurando viver dentro de uma elevada freqüência, não permitindo que as limitações humanas interfiram em seu caminho de evolução.  O uso freqüente do Fogo Violeta (energia do Raio Violeta) permite transmutar as imperfeições, desarmonias e situações indesejáveis.  O Fogo Violeta é uma energia carregada de Amor Divino e não reconhece como realidade as criações humanas adversas, em função disso, transforma novamente em Luz pura e Divina toda a energia que envolve, cumprindo a ordem emitida pelo mental humano.  Ao nos relacionarmos com o EU Divino das criaturas humanas, estamos fortalecendo suas virtudes e transmutando suas desarmonias. A energia do Fogo Violeta deve ser usada com muito amor, com a consciência da misericórdia divina.   Quando mantemos a Paz Interior podemos usar de misericórdia em relação aos nossos irmãos, aceitando o ritmo de cada um e enviando muito amor e paz, independente da condição de cada um.   O trabalho maior é a “reforma interior”, que deve ser profunda e definitiva, afim de não sermos mais atingidos pelas criações humanas limitantes e equivocadas.   Despertar o nosso Cristo Interno, o Poder Interior e exercer esse poder nesta dimensão, representa a aceitação de nossa condição de Filhos de Deus, portanto Seres de muita Luz e Amor. 
       O Bem-Amado Mestre Saint Germain encarnou neste planeta algumas vezes, sendo as mais conhecidas:
- como Rei de uma civilização perfeita, localizada no Saara; na Atlântida, como Sacerdote do Templo do Fogo Violeta.  Como o profeta Samuel;   como São José, protetor de Jesus e Maria;  como Albano, o Santo;  o Mago Merlin (assessor direto do Rei Artur, que foi uma das encarnações do Mestre El Morya do Raio Azul);   Roger Bacon, monge franciscano;  Cristóvão Colombo, descobridor da América;  Francis Bacon (o filho da Rainha tirana) e, depois de ascensionado, volta como o Príncipe russo Raczocki, que inseriu-se na corte européia como o conde de Saint Germain, com poderes de Mestre Ascensionado e mantendo a mesma aparência jovem por mais de cem anos, com a finalidade de evitar a Revolução Francesa.  Considerando que o livre-arbítrio dos homens é sempre respeitado, o Mestre não poderia interferir e a revolução aconteceu.  O Mestre Saint Germain então, passa a dedicar-se à América do Norte, auxiliando no processo da independência dos Estados Unidos, orientando o Presidente George Washington.  O crescimento dessa nação a leva a tornar-se uma potência mundial porém, a energia Divina que deveria ser utilizada para promover o crescimento de todas as nações, num clima de paz e harmonia, acaba sendo usada de forma errônea e o Mestre retira sua assessoria, passando a dedicar-se, então, ao planeta como um todo e a  toda a criatura que busca, sinceramente, o caminho da Luz.   Inicia-se a Era de Aquário e o trabalho do Mestre Saint Germain, agora em nível planetário, visa oferecer  a liberdade a todas as criaturas – homens, seres elementais e anjos prisioneiros.   Cabe, então, à humanidade compreender e empregar o Fogo Sagrado, afim de que todos possam conquistar a liberdade do espírito, dos corpos físico, etérico, emocional e mental.   Auxiliado por todas as Legiões Celestiais, o Mestre aceita a cooperação de qualquer elemento da corrente humana que esteja em busca de Luz e Liberdade.   Neste período de transformações, que gera inquietações em nossos corpos mental e emocional, a transformadora Chama Violeta liberta as criaturas  e permite a transmutação dos karmas, libertando-nos da roda das encarnações.
       Para usarmos o Fogo Violeta, fazemos o seguinte apelo: “Em nome da Bem-Amada Presença Divina EU SOU, invoco a libertadora Chama Violeta para que envolva e ascensione a todo o elétron que compõe o planeta Terra e seus habitantes encarnados e desencarnados, até que tudo e todos sejam puros e radiantes.  Graças, Pai, porque me ouviste”. Esse apelo consta do livro A Grande Revelação, da Ed.Hércules.   Então visualizamos a Chama Violeta envolvendo o nosso corpo, a nossa casa, expandindo até envolver o planeta inteiro.  A seguir visualizamos tudo isso sendo envolvido na Chama Rosa do Amor Divino.  O Bem-Amado Mestre Saint Germain conclama seus discípulos à meditação diária, aos apelos e ao cerimonial, porque toda ação direcionada ao serviço da Luz é abençoada pelos Mestres.
       O símbolo do Sétimo Raio (Violeta), é a Cruz de Malta inserido numa flor de lótus sobre as asas da liberdade.  A Cruz de Malta simboliza a união de Deus com o homem; a flor de lótus é o símbolo da elevação espiritual e as asas representam a liberdade.  Os aromas do Raio Violeta são: violeta, jasmim, lótus branco e dama da noite.  Algumas músicas do Sétimo Raio: Concerto de Aranjuez (Rodrigo), Música do Fogo Mágico (Wagner) e Conto dos Bosques de Viena (Strauss).     Os Templos etéricos  do Sétimo Raio:  O Foco de Luz sobre os Montes Cárpatos, na Romênia (Transilvânia); o Foco de Luz  sobre o Monte Shasta, ao norte da Califórnia; O Templo da Transmutação (Foco de Luz do Arcanjo Ezequiel) localizado  sobre a Ilha de Cuba;  o Templo da Misericórdia Divina de Mestra Kwan Yin, situado sobre Pequim, na China;  o Templo do Mestre Kamakura, sobre o Monte Fuji, no Japão.  Existe, ainda, um foco de Luz nos Andes peruanos, sobre a região do Lago Titicaca.  Todo o discípulo que deseja, sinceramente, auxiliar na iluminação do planeta, pode solicitar aos  Mestres que transportem seu espírito (durante o sono físico ou durante a meditação) para um desses Templos, afim de aprender a absorver, sustentar e irradiar a Energia Divina, de acordo com a sua evolução espiritual e seu merecimento.  Os Mestres Ascensionados contam com a energia dos discípulos aqui encarnados para auxiliarem a humanidade a despertar a consciência adormecida e caminhar para a Luz.  O próprio Mestre Saint Germain diz: “Vós, que sois meus amigos, aceita-Me!  Deixai-Me palmilhar a Terra através de vós!  Deixai que Eu vos auxilie nesta alquimia divina! Vinde à noite ao Templo do Fogo Violeta.  Sentar-Me-ei ao vosso lado e esclarecerei, continuamente, a ciência da divina alquimia deste Fogo Violeta.  Sabei que no coração de Saint Germain sempre há lugar para vós!” (do livro Meditação e Apelos da Ponte para a Liberdade).  
       Sabemos que todas as portas nos são abertas (batei e abrir-se-vos-á) quando solicitamos o auxílio dos Mestres e que a nossa tarefa consiste em transformar as sombras em Luz, evoluir e ascensionar, cumprindo o nosso Plano Divino.  É preciso “orar e vigiar” em todos os momentos para usar a Energia Divina na construção de uma atmosfera de Luz, Amor e Paz.  Tudo é possível àquele que crê!



                                                                Terezinha – maio/2004


quarta-feira, 26 de março de 2014

         
                                     A CAVERNA DE SÃO THOMÉ DAS LETRAS - MG





       Essa experiência foi surpreendente por todas as sensações que despertou.  Guardei, durante muito tempo, a curiosidade de saber porque as pessoas fazem alguns esportes radicais ou mesmo o Caminho de Santiago (onde descrevem as agruras de uma caminhada longa e difícil).  Será que é preciso ir tão longe (e passar por sofrimentos) para entender melhor os próprios sentimentos?  Por que é tão difícil "desvendar" o próprio interior?  
       O que me levou a conhecer São Thomé das Letras foi a curiosidade pela localização e a energia que o lugar emana, o que me foi proporcionado pela minha filha maravilhosa - uma espécie de fada-madrinha que passa muito tempo imaginando um jeito de me dar alegria.   Embora os programas de televisão não mostrem (e nem poderiam) a grandeza de determinados lugares, num único programa consegui "sentir" que deveria ir até lá.   A cidade é pequena mas muito especial; as pedras - que só existem lá - são lindas, coloridas e cobrem as ruas e as paredes das casas.  Imagens de fadas, magos e duendes estão por todos os lados. Nessa foto uma estátua do Mago Merlin - ou do Eremita do Tarô de Waite.
        
       Decidimos conhecer as cachoeiras e contratamos um guia.  O primeiro passeio foi até a Caverna.  Até então, eu carregava comigo uma fobia de lugares fechados e evitava, quando possível, os elevadores...   Mas a natureza sempre fascina aqueles que se permitem perceber a grandeza da Criação Divina.  Na chegada ao local da Caverna, uma descida íngreme que culmina na entrada estreita e escura, embora um filete de água cristalina deslizando entre as pedras sinalize a existência de vida e beleza. 

       Uma pequena lanterna na cabeça e os pés descalços, câmera fotográfica e um desejo enorme de seguir em frente.  À medida em que avançávamos, o pequeno córrego aumentava de volume e nos permitia ver as pedras cujas cores vão de um marrom-terra até alguns filetes dourados no teto.  Num determinado ponto, o guia nos pede para apagarmos as lanternas e ficarmos no escuro - no meio da caverna, os pés na água, o silêncio e a escuridão...    Não deu tempo de imaginar como seria ficar a sós no escuro, apesar de existirem apenas duas direções - para a frente e para trás - a única coisa de que me recordo foi a imensa gratidão que senti por experimentar algo tão simples e ao mesmo tempo tão grandioso!

O sentimento mais forte foi a saída do útero materno - um renascer - quando se pode contar apenas consigo e saber que é preciso seguir em frente, embora o véu do esquecimento tenha "escondido" o real propósito dessa aventura que se chama Vida!

E, na saída da Gruta, um espetáculo como recompensa: outro córrego que vinha juntar-se ao que passa no interior da caverna, a vegetação e o sol...!
   Fiquei me perguntando onde estaria a fobia de lugares fechados...  
   Acredito que o nosso interior é mais belo e mais rico do que todas as cavernas do planeta, porque guarda todas as respostas que porventura possamos buscar;  toda a Energia de que necessitamos e, principalmente, a nossa Essência Divina, a Presença EU SOU que nos guia e orienta, quando permitimos!    Mais uma vez percebi  que a Mãe Natureza é uma Biblioteca Viva que nos mostra o equilíbrio e a harmonia para uma Vida plena, para o cumprimento de nossa missão divina!     As pedras de São Thomé das Letras representam a economia daquela região mas, o que os torna realmente ricos são as belezas naturais que ainda conseguem preservar.



Segundo o Bem-Amado Mestre Saint Germain "Onde estiver a vossa Consciência, alí estareis"!
Gratidão imensa ao marido - parceiro nas minhas "indiadas" - minha filha mais amada do mundo e ao meu genro que eu pedi a Deus!

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

FECHANDO CICLOS

                               



                                     RITUAL DA QUEIMA DO KARMA  


       Os Mestres Ascensionados da Grande Fraternidade Branca Universal representam a Grande Hierarquia Cósmica, um conjunto de consciências elevadas que auxilia na concretização do Plano Divino, orientando e assistindo a humanidade no caminho da evolução espiritual.  Respeitando o livre-arbítrio do ser humano, os Seres da Luz estão sempre prontos a auxiliar, iluminar, proteger e dispensar a energia divina pura, afim de que a humanidade volte a expandir a Luz primordial, de onde originou-se.  Os Mestres,  os Anjos e os Seres da Luz só podem interferir no destino da humanidade quando solicitados (Pedi e recebereis...).
       Nesta Era de Aquário o Bem-Amado Mestre Saint Germain assume a responsabilidade pela limpeza e libertação do planeta, disponibilizando a Chama Violeta (do Sétimo Raio Divino) para libertar a humanidade, transmutando todas as criações humanas de desarmonia, despertando no coração de cada ser humano, o seu Cristo Interno.  Durante vidas e vidas a humanidade criou e sustentou pensamentos e sentimentos de desarmonia, egoísmo, mágoas, orgulho, críticas, julgamentos enfim, utilizou a energia divina pura para criar o desequilíbrio dentro e fora de si.  Mas os Mestres Ascensionados, em seu infinito amor e bondade, continuam a dispensar amor e luz a toda a criatura que desejar transformar o seu mundo o retornar ao Coração de Deus, nossa origem.
       O karma representa oportunidade para resgatar nossos erros, é quando temos novamente diante de nós aquilo que criamos ou que ajudamos a criar, porque, segundo o Mestre Saint Germain, “tudo o que uma pessoa semear, seja pelo pensamento, sentimento, palavra ou ação, algum dia, em algum lugar, ela colherá”.   Essa “colheita” representa a oportunidade de transformar o mal em bem, a sombra em luz e seguir adiante em seu caminho de evolução.   O Conselho Kármico avalia os karmas – coletivo e individual – e, segundo o merecimento de cada um, pode atenuar ou transmutar essas criações.  O Ritual da Queima do karma é específico para libertar a criatura de seus erros, segundo o seu merecimento, e pode ser feito sempre que necessário, de preferência durante o dia – com luz natural.  O Conselho Kármico reune-se sempre em 30 de junho e 31 de dezembro, porém o Ritual pode ser realizado a qualquer tempo.   Para realizar o Ritual, é preciso uma vela violeta (pode ser pequena), um incenso de rosa branca e  uma carta escrita (literalmente) ao Conselho Kármico, da forma abaixo:

Local e data....................

Aos Senhores do Karma

       Solicito a avaliação e, segundo o meu merecimento, a atenuação ou transmutação dos karmas a seguir relatados:
CORPO FÍSICO – descrever aqui as doenças físicas (kármicas ou não), imperfeições ou desequilíbrios, hábitos alimentares ou vícios, carências, dificuldades físicas e partes do corpo que não gosta ou não aceita.
CORPO MENTAL - descrever as formas-pensamento, preconceitos, crenças, valores limitantes negativos, críticas, julgamentos, conceitos ultrapassados, pensamentos e palavras nocivos que ainda temos e que não desejamos mais ter.  Registrar as preocupações, os medos, a incapacidade de controlar o próprio pensamento.   
CORPO EMOCIONAL - Descrever as emoções negativas, sentimentos negativos que ainda nutre e irradia, mágoas, raivas, etc.  Colocar os nomes das pessoas com as quais está em desarmonia, que já geraram algum sentimento negativo ou que foram suas vítimas, descrevendo os tipos de sentimentos que geraram.
CORPO ETÉRICO – Descrever toda a negatividade que nós geramos e que pode ser um karma contra o qual estamos lutando.  Registrar os traumas desta e de outras vidas; os reflexos de acontecimentos passados que possam estar interferindo no momento presente.   Neste espaço podemos incluir tudo o que vemos ou sentimos de negativo em nosso prédio, em nossa cidade, País e em nosso Planeta, descrevendo tudo quanto consideramos negativo ou nocivo (que irá trabalhar em nível coletivo e em nosso emocional também).
                                                                     Assinatura

       Após concluída a carta, iniciamos o Ritual: Acendendo a vela violeta e o incenso, invocamos o Bem-Amado Mestre Saint Germain; o Fogo Violeta; o Príncipe Oromassis; os Senhores do Karma e todos os Seres do Raio Violeta.  Fazemos uma visualização do Fogo Violeta envolvendo todos os nossos corpos (os quatro corpos inferiores), a aura e o local do Ritual.  Pedimos, com intensidade, que todo o conteúdo da carta seja avaliado e, no mínimo, atenuados os karmas, ou conforme o nosso merecimento, transmutados.   Então queimamos a carta na chama da vela violeta (a vela deverá queimar até o final – inteira).  Agradecemos, sinceramente e encerramos o Ritual, jogando as cinzas da carta na Terra ou num vaso com terra.
       Imediatamente vamos escrever uma outra carta, desta vez com o conteúdo oposto ao da primeira.  É uma carta de reconhecimento e de agradecimento aos Mestres Ascensionados e aos Seres da Luz. 

Porto Alegre(RS) .............

Aos Mestres Ascensionados

       Reconheço e agradeço:

CORPO FÍSICO – Registramos os pontos positivos, as coisas boas que nunca agradecemos ou valorizamos, os nossos órgãos saudáveis, as nossas células perfeitas.
CORPO MENTAL – Agradecemos pelas criações mentais que abençoaram a vida e a criação Divina; registramos a nossa plena capacidade de raciocínio e de discernimento; agradecemos pelo livre-arbítrio e pelos pensamentos bons e altruístas que enviamos ao próximo. Registramos a capacidade de mudar o próprio destino.
CORPO EMOCIONAL – Registramos os sentimentos bons e puros; os nomes das pessoas que nos fizeram bem, a quem devemos amor e gratidão,  e também daquelas que mencionamos na primeira carta, agora de forma harmoniosa, ressaltando suas virtudes e abençoando sua Essência Divina que é Luz e Amor.
CORPO ETÉRICO – Agradecemos as criações positivas que ficaram registradas em nosso corpo etérico, visualizando-o como o modelo perfeito do corpo físico, iluminado pelas nossas boas ações, principalmente aquelas que, de alguma forma contribuíram para tornar o mundo melhor à nossa volta.  Registramos também tudo o que vemos de bom e belo em nosso prédio, nossa cidade, nosso País e no planeta como um todo.  Reconhecemos e agradecemos o trabalho dos elementais.

                                                                               Assinatura

       Esta carta será lida novamente à noite, antes de dormir, e colocada debaixo do travesseiro.  Na manhã seguinte, guardamos a carta junto de nossos documentos importantes.  Podemos ler em voz alta a carta positiva sempre que necessitarmos reforçar a nossa fé.    Nos próximos Rituais poderemos usar essa mesma carta positiva.
       Este Ritual poderá ser feito várias vezes, para assuntos específicos ou sempre que houver necessidade.  É uma forma de juntar tudo e queimar num único momento.    Lembre de pensar sempre: EU SOU Luz... 


OBS.: Do Livro de Ouro de Saint Germain (Ed.Ponte para a iberdade) retiramos algumas afirmações.  A expressão “EU SOU” significa Deus em ação no indivíduo e pode ser comparada ao “OM” oriental. As afirmações são poderosos mantrans que devem ser repetidos até que o consciente aceite essa nova postura.  Representa, ainda, a melhor forma de manter o nosso pensamento criando algo bom e positivo, porque a energia é sempre pura, Divina, o que a torna boa ou má é o pensamento humano.  Enquanto afirmamos coisas positivas, estamos criando energias de amor e Luz, auxiliando na concretização do Plano Divino.

AFIRMAÇÕES:
“EU SOU o uso da ilimitada opulência de Deus”

“EU SOU  a precipitação e a Presença visível de tudo o que eu desejo e pessoa alguma pode nisso interferir”.

“EU SOU o Coração de Deus, e eu agora crio idéias e realizações que nunca antes foram produzidas”.

“EU SOU a perfeição desse indivíduo”.

“Inteligência EU SOU, qualifica isto com tudo o que for necessário”.

“EU SOU a atividade obediente e inteligente desta mente e deste corpo, EU SOU o Poder que governa e ordena tudo harmoniosamente”.

“EU SOU a Guarda invencível estabelecida e sustentada sobre a minha mente, meu corpo, meu lar, meu mundo e meus negócios”.

“EU SOU o Amor, a Sabedoria e o Poder com sua Inteligência Ativa que atua neste dia em cada coisa que eu pense ou faça.  Eu ordeno a esta Atividade Infinita que seja a minha proteção e que atue em todos os momentos fazendo com que eu mova, fale e proceda dentro da Ordem Divina”.

“EU SOU a Presença que governa, que me precede por toda a parte onde vou durante o dia, ordenando perfeita Paz e Harmonia em todas as minhas atividades”.

“EU SOU  a Luz do Coração de Deus.  EU SOU  a mais perfeita manifestação do Amor Divino”.

“EU SOU a Prosperidade Cósmica que preenche todas as minhas necessidades”.

“EU SOU a Força Infinita que protege, ilumina, supre e sustenta toda a minha energia”.

“EU SOU a Ressurreição e a Vida de minha perfeita saúde física, mental e emocional”.


Terezinha.steffen@gmail.com